Neste segunda (19) aconteceu o funeral da rainha do Reino Unido da Grã-Bretanha e da Irlanda do Norte, em sua homenagem, vamos fazer umas retrospectiva do reinado de Elizabeth II.

A principio, o seu funeral, que foi  um dos maiores eventos cerimoniais das últimas décadas, foi marcado por uma despedida cheia de emoção e grandiosidade.

Logo, a procissão histórica de Londres, aconteceu até o Castelo de Windsor, onde a monarca foi enterrada.

Imagens da Rainha

Em seus 70 anos de reinado, Elizabeth II passou por grandes momentos a serviço do seu povo. Contudo, a monarca foi coroada ainda jovem, com 27 anos e tornou-se a monarca mais longeva da história da coroa britânica.

Confira agora algumas das principais imagens da retrospectiva reinado Rainha Elizabeth.

Foto: Joel Robine, Toby Melville, Jonathan Drake, Chris Jackson/AFP/Arquivo

A Mais Jovem Monarca

Elizabeth II foi a mais jovem da história da Monarquia Inglesa ao assumir o cargo e também a que permaneceu mais tempo no trono, tendo governado por 70 anos.

Portanto, para homenageá-la, sintetizamos o seu reinado numa linha do tempo com os principais fatos históricos.

Retrospectiva: Reinado da Rainha Elizabeth II

1926 – Elizabeth Alexandra Mary Windsor nasceu em 21 de abril na casa da família em Berkeley Square, em Londres. Era a filha mais velha de Albert, duque de York, o segundo filho de George 5° e sua duquesa, a Lady Elizabeth Bowes-Lyon.

1947 – Em 20 de novembro daquele ano, Elizabeth casou-se com o príncipe Philip Mountbatten, seu primo distante, na Abadia de Westminster. Com isso, Philip tornou-se consorte real e Duque de Edimburgo. 

1948 – Logo, nasceu seu primogênito, Charles. Dois anos mais tarde, em 1950, ela deu à luz a sua filha Anne.

1952 – Em fevereiro daquele ano, Elizabeth II assumiu o trono do Reino Unido com apenas 25 anos, após a morte precoce de seu pai, Rei George VI, vítima de um câncer de pulmão. No mesmo mês, a Cultura Inglesa Curitiba completava 10 anos de atividades na cidade. 

1953 – A cerimônia de coroação de Elizabeth II aconteceu em junho daquele ano. Logo, milhões de pessoas acompanharam o evento por meio de aparelhos de televisão – uma novidade na época.

1956 – A rainha esteve no centro de crises políticas quando os primeiros-ministros Anthony Eden, em 1956, e Harold Macmillan, em 1963, renunciaram. No entanto, o Partido Conservador ainda não tinha um sistema para a escolha de um novo líder e a rainha teve que indicar o novo primeiro-ministro.

1960 – Nasceu em Londres Andrew Albert Christian Edward; o terceiro filho da rainha.

A primeira visita ao Brasil

1968Então com 42 anos de idade e 16 de reinado, a rainha fez sua primeira e única visita ao Brasil, em plena ditadura militar. No entando, durante a visita, conheceu seis cidades em 11 dias.

1969 – Pela primeira vez na história, a família real teve seu cotidiano filmado por câmeras de TV. Então, o resultado foi o documentário Royal Family, da BBC, que mostrava a família real de uma maneira menos formal e mais acessível.  

1977 – Homenagem aos 25 anos de reinado, a monarquia comemorou o Jubileu de Prata que foi marcado por festas nas ruas e cerimônias em todo o reino. Portando, nesta fase, a monarquia ganhava maior simpatia da população, graças à própria rainha.

1979 – A relação da rainha com Margaret Thatcher, primeira mulher no cargo de primeira-ministra da Grã-Bretanha, foi marcada por divergências no que se refere às relações com a Comunidade Britânica.

1992 – O ano marcou uma série de escândalos em torno da família real. O terceiro filho da rainha, Andrew, duque de York, separou-se da mulher, Sarah. Logo, a crise no casamento entre Charles e Diana, também tornou-se pública. Por fim, a residência favorita da rainha, o Castelo de Windsor, pegou fogo, incendiando também a polêmica sobre quem deveria arcar com o prejuízo: os contribuintes ou a rainha.

1995 – A rainha celebrou o fim do regime do apartheid na África do Sul com uma visita ao país em março daquele ano. No entanto, a rainha permaneceu comprometida com a Comunidade Britânica durante todo o seu reinado.

1996 – Depois de 15 anos de casamento, o príncipe e a princesa de Gales, Charles e Diana, se separaram.

A morte da Princesa Diana

1997 – Com a morte da princesa Diana em um trágico acidente de carro em Paris, a monarquia e a própria rainha foram inundadas de críticas, principalmente por sua reação diante da tragédia e da comoção coletiva – um tanto quanto “discreta”. 

2002 – Os festejos do Jubileu de Ouro em homenagem aos seus 50 anos de reinado foram comprometidos com as mortes da rainha-mãe e da princesa Margaret naquele ano. No entanto, 1 milhão de pessoas foram celebrar a data diante do Palácio de Buckingham.

Aqui em Curitiba, o Jubileu de Ouro foi comemorado em uma festa memorável nos salões do Palácio Iguaçu, no dia 12 de junho, reunindo cerca de 450 pessoas, entre autoridades como o governador Jaime Lerner, o cônsul geral britânico em São Paulo, Bernard Everett, além de diversos secretários de Estado, empresários, artistas, membros da Cultura Inglesa de Curitiba e da expressiva comunidade britânica. Durante as festividades do Jubileu, a escola também promoveu em sua sede, para alunos e comunidade, exposições e exibições de filmes que narravam a vida da Rainha.  

2007 – A rainha e o príncipe Philip celebraram 60 anos de casamento com uma missa para 2 mil pessoas na Abadia de Westminster, em Londres.

2011Em maio daquele ano, Elizabeth II fez uma visita oficial à Irlanda e falou de “reconciliação” em seu discurso, que teve um grande significado histórico. 

2014 – Em seu discurso oficial, Elizabeth II se declarou aliviada ao ver seu Reino Unido intacto após o resultado do plebiscito sobre a independência escocesa.   

2015 – Logo, Elizabeth II tornou-se a monarca que reinou por mais tempo na história britânica, superando, portanto, o recorde da tataravó, a rainha Vitória.

2021 – O príncipe Philip morre aos 99 anos. O casal estava junto havia 69 anos.

O fim da retrospectiva do reinado Rainha Elizabeth II

2022 – A monarca morreu no dia 8 de setembro em sua residência de verão na Escócia, na cidade de Balmoral, aos 96 anos.

Por fim, com a presença de milhares de membros das forças armadas do Reino Unido, o funeral da Rainha, no dia 19, foi considerado um dos maiores eventos cerimoniais das últimas décadas,

Em conclusão, grande foi o reinado de Elizabeth II, tanto que seus súditos a aplaudem mesmo depois de sua partida.

Fontes: BBC News, livro Cultura Inglesa Curitiba: Um legado de 80 anos.